Cenário e Estratégia

Cenário Econômico

O ano de 2018 foi marcado pelo recrudescimento das incertezas no ambiente internacional e pelo aumento da volatilidade, associados, em grande medida, às perspectivas de realinhamento das condições financeiras frente à evolução da atividade econômica nas principais economias do mundo e ao avanço das tensões comerciais. Com efeito, a economia norte-americana, embora tenha preservado expansão consistente, acompanhada de baixos níveis de ociosidade no mercado de trabalho e de inflação controlada, passou a registrar indícios de moderação, sobretudo dos investimentos privados residenciais, em um contexto de elevação das taxas de juros. Já na Europa, a perda de ímpeto da atividade econômica e a ausência de pressões inflacionárias determinaram a condução cautelosa da política monetária do Continente, com manutenção da taxa básica de juros e redução gradual dos estímulos. Por sua vez, a economia chinesa, ainda que diante de maiores riscos de desaceleração, manteve desempenho compatível com a meta anual de crescimento estabelecida para o País e com o processo de rebalanceamento em curso.

No Brasil, em que pese o cenário externo mais desafiador e as incertezas domésticas, a atividade econômica brasileira se manteve em trajetória de recuperação gradual, em ambiente de elevada ociosidade e de inflação corrente e expectativas inflacionárias em patamar compatível com a meta, apesar da incidência de choques adversos ao longo do ano. Nessa conjuntura, comércio varejista e indústria mantiveram tendência de crescimento no período, movimento condizente com a melhora gradual do mercado de crédito, em particular no segmento de pessoas físicas, diante da redução do comprometimento da renda das famílias e da política monetária estimulativa, com a taxa básica de juros, a Selic, no patamar de 6,5% a.a. até o final de 2018.

Em linha com a dinâmica nacional, a economia do Rio Grande do Sul seguiu em trajetória de crescimento, embora moderado, ao longo de 2018. Esse movimento combinou, de um lado, a evolução positiva dos setores de comércio, serviços e indústria, em um contexto de recuperação gradual do mercado de trabalho, e, de outro, os efeitos negativos decorrentes de choques adversos, em particular das paralisações no setor de transporte de cargas, ocorridas em meados do ano. No mesmo sentido, o mercado de crédito também contribuiu para a retomada da economia do Estado, com crescimento das carteiras de pessoa física e jurídica. Por sua vez, o comércio exterior gaúcho apresentou desempenho positivo no acumulado de 2018, registrando superávit de US$9,5 bilhões, ante saldo positivo de US$7,9 bilhões no mesmo período de 2017, resultado do aumento de 16,7% das exportações e de 13,7% das importações.

Estratégia de Negócios

O ano de 2018 foi de adequação e avanços na implantação do novo modelo de gestão, adotado em 2017 pelo Banrisul. A Instituição segue aperfeiçoando os modelos de risco de crédito nos segmentos de varejo pessoa física e jurídica, da originação de crédito à recuperação de operações de clientes inadimplentes, sustentados pela gestão eficaz de dados na definição de limites e pela precificação baseada em risco, visando melhorar a margem financeira ajustada ao risco e capturar novos negócios. Complementando o novo modelo e focando a produtividade comercial, o programa Banrisul Mais busca qualificar o atendimento e a atuação comercial, por meio da capacitação das equipes de vendas, da padronização de rotinas e da definição de alavancas comerciais.

A atuação comercial permanece com destaque no segmento de pessoa física, em especial nas linhas de crédito consignado para servidores públicos e aposentados, atendidos pelas áreas de negócios das agências bem como, ampliando o atendimento através da abertura de novos espaços e carteiras de clientes Afinidade, que possuem elevado potencial de relacionamento. No segmento empresarial, o direcionamento comercial se mantém no Programa Especial de Crédito para Micro e Pequenas Empresas - Crédito Simples Banrisul, que abrange produtos e serviços como conta empresarial, cartão de crédito empresarial, fornecimento de equipamentos Vero, com ofertas de acordo com o perfil dos clientes, operações de crédito com antecipação de recebíveis e crédito com garantia real para clientes de menor risco, alinhado ao novo modelo de risco. O fortalecimento da rede de adquirência Vero também é destaque na Instituição, ramo de negócios no qual foram disponibilizados novos produtos e serviços.

No ano em que completa 90 anos, o Banrisul mantém o foco cada vez maior em seu processo de transformação digital tornando-se cada vez mais moderno, eficiente, sustentável e preparado para o futuro. Em 2018 a Instituição criou a Unidade de Transformação Digital com adoção de jornadas fim-a-fim e internalização da metodologia ágil. As iniciativas priorizadas visam acelerar ainda mais a jornada digital do Banco, que vem se traduzindo em maior oferta de produtos e serviços no aplicativo Banrisul Digital.

A interação com seus clientes e com o público em geral acontece nos mais diversos canais de comunicação que o Banco utiliza. Em 2018 foram realizadas campanhas publicitárias, dentre as quais destacam-se as campanhas de produtos e serviços do Banco: Conta Universitária; Banricompras; Banrisul, o grande banco do sul; e Banrisul Digital. Outra importante via de interação com a comunidade ocorre por meio de patrocínio a projetos com utilização das leis de benefício fiscal (Lei Rouanet, Audiovisual, Lei de Incentivo ao Esporte) e do Programa Banrisul de Patrocínios, por meio dos quais a Instituição apoia feiras, expofeiras, eventos culturais, esportivos, de cunho social, de sustentabilidade e de benefício à saúde e à educação, na capital e no interior do Estado do Rio Grande do Sul.